PROCURAR

O livro ESPERANÇA ATIVA está em financiamento coletivo até dia 2 de dezembro de 2019.
• link da campanha:  https://benfeitoria.com/esperancaativa 
• instagram da campanha: https://www.instagram.com/esperanca_ativa/ 
capítulos iniciaishttps://bambualeditora.com.br/esperanca-ativa-capitulos-iniciais/

1 – Somos o que pensamos – é necessário relembrarmos disso
Caminhando por uma grande cidade vemos pessoas apressadas, que se esbarram, mas não se olham. Estão preocupadas. Com mais atenção, percebemos que estão tristes, vazias, anestesiadas. Não conseguem olhar para o mundo real – ele é muito ruim. É difícil para elas verem o mundo como é. Algumas sequer sabem que estão profundamente tristes e com medo, e continuam suas vidas sem se moverem para qualquer mudança, interna ou ao seu redor, sonâmbulas. Elas não sabem o que fazer.

2 – É urgente cuidar da nossa saúde mental
Esta tem sido a realidade de milhões de pessoas, com consequências graves. O esfacelamento da saúde mental é marcante. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que taxas de suicídio foram 7% maiores no Brasil em 2016, último ano da pesquisa, do que em 2010. Índice global teve queda de 9,8%.* Atualmente, a depressão atinge 5,8% da população brasileira – taxa que está acima da média global (4,4%).**

3 – Precisamos ampliar nossa visão de mundo
O medo provoca o isolamento, a reclusão nos próprios mundos e rotinas condicionadas. Não olhamos para fora e achamos que já conhecemos todas as possibilidades que existem.

4 – Este livro nos apoia a mudar o midset
Se fosse possível que as crenças de que “nada acontece no mundo” ou “o mundo vai acabar mesmo e nada tenho a fazer” se transformassem em “o que podemos fazer juntos?”, talvez a Grande Virada acontecesse.

5 – Há 50 anos estas ideias transformam pessoas pelo mundo
Ter gratidão pelo mundo que vivemos, conseguir olhar para o que nos causa dor com apoio e paciência, enxergar outras perspectivas na confusão e se organizar para ter outras atitudes e ações: tudo isto pode mudar a jornada individual e, consequentemente, a coletiva.

6 – É inspiração para irmos para a ação
Alguns moradores da Granja Vianna, na grande São Paulo, inspirados pelo movimento Cidades em Transição, se encontram semanalmente para trocarem suas produções caseiras, conversarem sobre as questões do bairro, se abraçarem e saberem como andam as coisas.

Existe uma escola construída coletivamente, que fica em um bosque na cidade de Guaporé, RS: é a Ayni, referência em inovação educacional e que oferece formação para educadores de todo Brasil.

O grupo Tempo de Plantar, de Brasília, está realizando a gincana Plantar 1 milhão de Árvores em 1 Dia. Eles estão há 1 ano se organizando para realizarem seu sonho no dia 8 de dezembro.

Todas essas são iniciativas de pessoas que conseguiram olhar para o mundo real e escolheram a esperança que leva a ação, ao invés de ficarem esperando que alguém fizesse algo por elas.

7 – O planeta está precisando – Somos Um
É sobre essa esperança e essa jornada de auto-transformação que Joanna Macy e Chris Johnstone escrevem no livro Esperança Ativa, lidando com a confusão em que vivemos sem perder a lucidez. Suas ideias e workshops já apoiaram a transformação de milhares de pessoas em todo o mundo.

Esta campanha é TUDO OU NADA. Precisamos alcançar a meta para ter esse livro publicado no Brasil. Ele já foi traduzido, revisado e diagramado, e está em fase de finalização. Será enviado a partir de 15 de dezembro.

❤

O link da campanha é https://benfeitoria.com/esperancaativa 

❤

O instagram da campanha é https://www.instagram.com/esperanca_ativa/ 

❤

Os capítulos iniciais estão em https://bambualeditora.com.br/esperanca-ativa-capitulos-iniciais/ 

*https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/09/10/na-contramao-da-tendencia-mundial-taxa-de-suicidio-aumenta-7percent-no-brasil-em-seis-anos.ghtml

**https://veja.abril.com.br/saude/brasileiro-ainda-sabe-pouco-sobre-depressao-revela-ibope/

Voltar ao topo
Fale com a gente pelo Whatsapp